fbpx

4 coisas que você precisa saber antes de abrir um e-commerce

logo-belluno-digital
Belluno

Você está pronto para começar o seu negócio online? Pois saiba que você não poderia ter escolhido um momento melhor! Atualmente, as ferramentas necessárias para abrir sua própria loja online estão mais acessíveis do que nunca e os consumidores muito mais dispostos a experimentar essa forma de comprar. Mas claro, as coisas não são assim fáceis, há alguns desafios que você deve esperar pela frente, porém, não tenha medo de dar o primeiro passo!

O primeiro passo é você elaborar seu plano de negócios e já ter em mente o que venderá e como fará isso. Com esse plano de ação inicial montado, você já está construindo um escopo da sua marca e prestes a dar o start em seu e-commerce. Para saber os próximos passos é só continuar lendo esse artigo que montamos para especialmente para você.

#1 – Estude a regulamentação para e-commerce

Há quem pense que por ser um proprietário de e-commerce pequeno, as leis tradicionais não se aplicam, pois bem, saiba que isso não é verdade.

Embora sim, exija menos licenças e autorizações do que um comércio físico, ainda há vários detalhes legais que você deve estar atento, seja do negócio ou do seu segmento. Por exemplo:

– Você precisa de alguma autorização para vender o seu produto?

– Você precisa passar por alguma inspeção?

– Quais os regulamentos para quem vende online em seu estado? Cada estado e país tem suas próprias leis, por isso sempre verifique as informações com as autoridades locais.

Recomendamos que você procure ajuda jurídica profissional para responder essas e outras perguntas que possam vir a surgir.

#2 – Pesquise o mercado

A pesquisa de mercado é essencial para quem quer crescer. Ajuda a determinar a competitividade que você irá enfrentar. Além disso, a pesquisa de mercado ajuda a validar a ideia, o preço e a demanda de seu produto. Mas como começar isso?

– Estude as palavras chaves do seu segmento e como está a procura por elas.

– Qual o tipo de conteúdo que está sendo melhor ranqueado em seu segmento?

– Que empresas concorrentes mais aparecem e quais são seus diferenciais?

– Qual o maior concorrente do seu nicho?

– Quais os pontos fortes e fracos deles?

Ao colocar essa lupa em outros players do mercado, você poderá descobrir qual poderá ser sua vantagem competitiva sobre eles.

#3 – Tenha seu branding bem definido

A marca que você escolher será a maneira que sua loja vibrará. E para isso, tudo precisa estar em sintonia: o nome, as cores, o tom de voz, o design do site entre muitos outros itens. Assim, você transmite uma imagem visual consistente e um ideal claro. E claro, tudo isso se aplica para site, redes sociais, e-mail marketing e até mesmo a embalagem do produto entregue.

Ao trabalhar na identidade de sua marca, preste atenção em:

– Logo;
– Esquema de cores;
– Layouts de página;
– Tipografia;
– Gráficos;
– Fotos.

Assim, a imagem da sua marca será o resultado de todos esses elementos trabalhados juntos.

Veja abaixo um exemplo do estudo de logo da Airbnb

Um exercício rápido e útil para começar a estabelecer uma personalidade de marca é perguntar a si mesmo: Se eu fosse comprar meu produto de um indivíduo na rua, como gostaria que essa pessoa fosse? Que tipo de personalidade me deixaria mais inclinado a fechar o negócio?

#4 – Defina a sua plataforma de e-commerce

Escolher a ferramenta correta é indispensável, porque em geral, ela é crucial para o sucesso de sua loja online. Atualmente, existem várias plataformas de comércio eletrônico que permitem que você abra uma loja rapidamente, permitindo que você se concentre em seu produto e marca.

Abaixo, uma lista de algumas das maiores/melhores plataformas do mercado:

WooCommerce

O WooCommerce é um plugin disponibilizado pela plataforma de sites/blogs WordPress. Gratuito, ele permite que sua loja virtual seja construída a partir de códigos abertos. Vale ressaltar que desde a sua primeira versão, o plugin já contabilizou mais de 80 milhões de downloads. O WooCommerce é a forma ideal de iniciar uma loja virtual, uma vez que você tenha um site construído em WordPress. Afinal, ela conta com diversas funcionalidades que variam desde o cadastro dos produtos no seu e-commerce até a promoção deles. Além disso, por se tratar de uma solução feita para o WordPress, você também consegue personalizar o tema da loja para deixá-la com a cara da sua empresa.

Magento

A plataforma Magento é um sistema open source para o desenvolvimento de lojas virtuais de alta performance. Podemos dizer que uma loja virtual Magento é considerada uma loja top de linha em termos de tecnologia. Uma das principais características da plataforma Magento é sua arquitetura modular, ou seja, o sistema como um todo é composto por diversos módulos independentes que reunidos compõem o sistema.

TrayCorp

É uma solução voltada para empresas de médio e grande porte que buscam produtos e serviços mais complexos. Permite a criação de regras avançadas de promoções, hotsites, personalização de lojas virtuais, acesso a clubes de compras, criação de assinaturas de produtos e criação de recompras automáticas. Além disso, oferece outra importante solução, o Omini Channel ou “multicanalidade”, que permite que as grandes redes de lojas físicas integrem seus estoques a lojas virtuais. Isso possibilita que um produto vendido na loja virtual, possa ser retirado na loja física e reduz consideravelmente os custos de estoque e prazos de entrega.

IbTech

A plataforma cria uma loja virtual bastante leve e intuitiva, garantindo que seus clientes consigam fazer pedidos rapidamente. O sistema também possibilita a separação dos produtos em categorias e conta com botões para redes sociais, além de ter todos os certificados de segurança necessários para mostrar aos consumidores que comprar na sua loja é totalmente seguro.

Panorama Sistemas

A plataforma conta com uma ampla gama de funcionalidades, inclusive ferramentas exclusivas, técnicas para execução de acompanhamento do seu e-commerce. Possibilita a integração com transportadoras para baixa de pedidos entregues automáticas juntamente com acompanhamento de todos os passos do rastreio, além da integração com estoque de fornecedores, tendo opção de ler o estoque de hora em hora.

A única coisa que resta a fazer agora? Arregaçar as mangas e começar a vender! Após passar por todas as etapas, e finalmente montar sua loja na plataforma escolhida é o momento da sua loja estar “on”. E saiba que a Belluno acredita no potencial do seu negócio!


Acreditamos tanto no crescimento das vendas via e-commerce, tanto no B2B quanto no B2C, que estamos integrados com as principais plataformas de e-commerce, oferecendo nosso meio de pagamento, trazendo mais eficiência, segurança e menos custos para quem vende online. Quer saber mais? Clique aqui para falar conosco!

Seja o primeiro a comentar.

Deixe um comentário

More great articles

Vazamento de dados: o que é e como se proteger?

Para quem faz uso da internet com frequência, provavelmente se ainda não teve alguma informação pessoal vazada, está muito próximo…

Ler mais

Pitch de Vendas: dicas para vender seu negócio em 2 minutos

Recentemente, o termo pitch de Vendas ou traduzindo “argumento de vendas”, se tornou tão popular quanto o termo startup. Isso…

Ler mais

Antecipação de recebíveis: solução sustentável financeiramente

A empresa anda bem e as vendas são recebidas em dia, mas nem sempre são...

Ler mais
Arrow-up