fbpx

3 estratégias para aumentar o ticket médio do seu e-commerce

logo-belluno-digital
Belluno

Você empresário, certamente já se deparou ou pode ser deparar com a seguinte dúvida: “O que faço para aumentar o Ticket Médio da minha empresa? ”.

Porém, antes de te ajudarmos a responder essa pergunta, vamos entender melhor sobre ele. O ticket médio refere-se ao valor médio gasto por cada cliente em uma empresa, ou seja, uma métrica para avaliar a lucratividade e entender qual o valor médio que seus clientes estão gastando.

O ticket médio é calculado somando o total de vendas em um determinado período e dividindo-o pelo número de clientes. É uma métrica simples, mas coloca um preço em cada cliente.

Veja um exemplo abaixo:

Vamos supor que a sua loja online teve um valor total de vendas de R$ 10.000,00 naquele mês e um número total de 200 pedidos.

Assim, dividimos o valor total das vendas (R$ 10.000,00) pelo número de pedidos realizados (200), resultando em um valor de: R$50,00.

Em outras palavras, naquele mês cada venda realizada gerou uma média de R$ 50,00.

E por que essa métrica é tão importante?

É por meio dele que podemos estabelecer metas, identificar potenciais problemas que dificultam o faturamento, avaliar diferentes perfis dentro de um mesmo público-alvo, criar novas estratégias de marketing digital, entre outras ações importantes para o crescimento do negócio.

E aí, vamos descobrir estratégias para aumentar seu ticket médio e melhorar a sua receita?

#1 – Através do cross selling e up selling

A regra mais básica para aumentar o ticket médio do seu cliente é fazer com que ele compre mais produtos, oferecendo oportunidades de cross selling e up selling. E para quem não é familiarizado com esses termos, vamos explicar o significado com uma imagem:

Ou seja, ao invés de vender apenas uma batata-frita por “x” preço, é possível aumentar o ticket dessa venda dando a opção de um combo ou de um aumento de tamanho da batata. Pensar em associações mentais que agrupam produtos que podem ser comprados juntos, podem ser uma ótima maneira de ajudar os clientes a fazerem compras mais assertivas.

Inclusive há estudos que comprovam que, uma vez que um cliente tenha decidido fazer uma compra, ele instantaneamente se torna mais propenso a aumentar o tamanho do ticket se for fornecido os itens certos. E como fazer isso em seu e-commerce?

Se for um e-commerce de moda, ao comprar um tênis, ofereça as meias.

Em um e-commerce de materiais esportivos, ao comprar uma bicicleta, ofereça uma garrafa de água.

E por aí vai, você conhece o seu cliente e a dor dele… e é só saber o que oferecer na hora certa!

#2 – Distribua cupons de desconto

Essa é uma das estratégias utilizada pela gigante Shopee. Por exemplo, no mês do consumidor, a empresa ofereceu grandes ofertas e alguns destaques da campanha foram:

– Frete grátis;

– 1 Milhão de reais em cupons;

– Cupons especiais de cashback por tempo limitado;

– Ofertas Diárias com produtos de até R$ 1,99;

– Prêmios extras surpresa.

Essa é uma estratégia que funciona muito bem tanto no online quanto no off-line. Além disso, é uma estratégia que já oferece um certo mimo para clientes que já são recorrentes. Todo mundo gosta de uma oferta e conseguir um desconto pode incentivar alguns compradores a gastar um pouco mais.

Você também pode usar um programa de fidelidade para recompensar os clientes quando eles compram um determinado número de itens ou gastam uma determinada quantia. Esses programas não apenas incentivam os clientes a gastar mais, mas também a gastar mais e com maior frequência.

#3 – Facilite o pagamento

É importante garantir uma boa experiência do começo ao fim para o seu cliente. Por isso, você deve se certificar de que o momento do pagamento seja algo que não gere dúvidas. O que isso significa? Que você precisa estar preparado para oferecer diversas formas de pagamento aceitando desde um pagamento via boleto ou através do envio de um link de pagamento, o qual possibilitará o pagamento parcelado da venda. Muitas pessoas optam por gastar mais se puderem parcelar, reduzindo assim o valor pago nas parcelas mensais.

Quando falamos em e-commerce, conte com um Gateway de Pagamento para facilitar as cobranças. O Gateway de Pagamento é uma tecnologia responsável por capturar e transferir dados de pagamento do cliente até operadoras e bancos, e em seguida, retornar com a informação de aceite ou recusa.

Já ao falarmos em vendas pelas redes sociais, uma forma fácil de fazer essa cobrança seria através de um Link de Pagamento. Em uma explicação simples, um link de pagamento é um método de pagamento online através de um link gerado pela empresa e compartilhado com o cliente por e-mail, SMS ou WhatsApp, para que então seja feito o pagamento instantâneo.

Ou seja, o cliente clica no link que recebeu da empresa, insere seus dados de pagamento (informações pessoais, dados do cartão de crédito e parcelamento optado) e então, o pedido está concluído.

As opções para otimizar as vendas de um e-commerce são quase infinitas e quando falamos do ticket médio devemos nos referir à criatividade: ela será uma grande aliada na hora de encontrar estratégias que se adaptem ao seu segmento em específico.

Cada negócio é diferente, por isso é importante pegar as dicas que melhor se adequam ao seu negócio e trabalhar na definição de sua estratégia.

Seja o primeiro a comentar.

Deixe um comentário

More great articles

CNAE: O que é e qual a importância para o negócio?

O código CNAE é a Classificação Nacional de Atividades Econômicas e é desenvolvido pelo IBGE. Na prática, é uma maneira…

Ler mais

O crescimento do e-commerce no mundo

É fato que no decorrer de 2020 o e-commerce desempenhou um papel vital na rotina do mundo todo. Não que…

Ler mais

Conciliação de Vendas com Cartão: Automatize a Gestão!

Atualmente, as transações com cartão de crédito já fazem parte de todos os negócios, e à medida que a tecnologia…

Ler mais
Arrow-up