Venda segura: 4 maneiras para garantir a segurança on-line

Belluno

A forma como oferece-se produtos e serviços mudou drasticamente nos últimos anos ao perceber-se uma busca por venda segura e compra confiável. Vendas realizadas através de smartphones e outros dispositivos já correspondem a a 342 milhões de pedidos feitos por aproximadamente 68 milhões de consumidores. Um estudo realizado pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) confirma que a tendência se concretiza com o passar dos anos. A estimativa é que em 2020, o comércio on-line ultrapasse a casa dos R$ 100 milhões, um aumento de 18% se comparado ao ano anterior.

Mas com todas essas facilidades, também vêm as responsabilidades. Os maiores riscos das vendas on-line são as fraudes, vazamento de informações sigilosas e invasões dos dispositivos e sites utilizados para troca desses dados.

Busque uma plataforma segura

Fique atento a escolha da plataforma digital pela qual irá realizar suas vendas. Algumas podem oferecer um investimento e custos menores num primeiro momento, mas podem não ser confiáveis para uma venda segura. E lembre-se, não é a melhor forma para economizar, já que vazamentos de dados confidenciais podem ter consequências bem graves. Pesquise por empresas que já estão no mercado e tem reconhecimento por isso.

Conte com um sistema antifraude para garantir uma venda segura

Cada vez mais comuns, as tentativas de compras através de cartões clonados ou falsos pode gerar prejuízos para seu negócio. Para deixar as vendas seguras, utilize serviços para pagamentos com garantia de serem antifraudes. Esses sistemas fazem uma análise minuciosa para reprovar compras que parecem ser fraudulentas. Os links de pagamentos são uma forma segura tanto para empresas quanto para consumidores.

Cuidado com os dados da sua empresa

Alguns dados são essenciais para que o cliente verifique a identidade e confiabilidade da sua instituição. CNPJ, razão social, e-mails e telefones são informações importantes. Mas evite a vinculação de CPF e contatos pessoais. Isso vale para redes sociais também. As redes são um excelente meio do consumidor ter acesso à empresa, mas muito cuidado para não vincular páginas pessoais e outras informações particulares suas ou de seus familiares. 

O cliente também precisa confiar na sua venda segura

Que é necessário garantir a segurança das transações para não prejudicar seu negócios você já sabe. Mas você também precisa garantir que a conversão aconteça: ou seja, a visita do cliente gerar uma venda. Assim, é importante priorizar a transparência de suas informações, facilitar o contato do cliente com sua loja e ter uma política de troca. Todas essas ações em conjunto, aliadas a sua reputação, certamente farão o consumidor efetivar a compra. 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Postagens relacionadas

Arrow-up