fbpx

Open banking: O que é e quais seus benefícios?

Belluno

Entenda porque o open banking é considerado uma das maiores transformações do sistema bancário. E ainda quais os benefícios para o clientes, os bancos e os provedores de serviços.

O open banking é um novo modelo de negócios que define que seus dados podem ser trocados dentro do ecossistema financeiro. Ou seja, com o seu consentimento você libera o acesso às suas transações de pagamento não somente ao seu banco tradicional, mas também entre as diferentes instituições autorizadas pelo Banco Central. Tudo isso, claro, de uma forma segura.

Antes do open banking, as outras instituições não tinham acesso a seu relacionamento com outros bancos, assim, não há uma competitividade entre bancos e o usuário não se beneficia de serviços melhores e mais personalizados.

Dessa forma, podemos entender que é uma alavanca de transformação do sistema bancário. Assim, entramos em uma era moderna das finanças, onde o usuário está no centro e em total controle dos seus dados.

Mas como ele influencia em seu dia a dia?

Caso você utilize a mesma conta bancária há 10 anos, nesse banco o seu histórico é longo e bem detalhado, eles sabem se você paga seus empréstimos em dia, o salário que recebe todo mês, seu perfil de gastos entre outros. Dessa forma, caso precise fazer algum empréstimo, as suas taxas serão decididas a partir dessas informações. Ou seja, em um banco sem relacionamento você não teria as mesmas taxas, pois elas são de propriedade do outro banco.

Já com o Open Banking, você é o dono dos seus dados e informações, assim a competição entre os bancos aumenta, uma vez que com o seu consentimento as instituições poderão fazer ofertas para clientes de outros concorrentes, baseado no seu histórico de pagamentos. Além disso, você poderá ter todas as informações bancárias em um único aplicativo, o que facilita o seu controle financeiro.

Dessa forma fica muito mais fácil migrar de banco ou adquirir taxas melhores para empréstimos e soluções bancárias, não é? É importante que os usuários entendam que com o open banking, você realmente pode fazer uma leitura de melhores opções e ser um verdadeiro tomador de decisão, sem barreiras bancárias.

É seguro para os meus dados?

Mesmo que esse “banco aberto” traga uma sensação de informações fáceis e desprotegidas, os bancos e as instituições financeiras não deixarão de serem as responsáveis pela proteção e total sigilo dos seus dados.

O Banco Central divulgou diretrizes fundamentais afim de regulamentar e orientar as instituições. Essas medidas seguem a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) e essa lei, proíbe qualquer empresa de transmitir dados recolhidos de seus clientes sem o consentimento dos titulares. Ou seja, para registrar toda e qualquer informação de seus clientes, a empresa deve ater-se à LGPD.

Ou seja, de uma maneira bem simplificada a ideia por trás dessas mudanças é que elas trarão mais concorrência e inovação aos serviços financeiros que, por sua vez, espera-se que levem a mais e melhores produtos para ajudar a administrar seu dinheiro.

Seja o primeiro a comentar.

Deixe um comentário

More great articles

DDA: O que significa?

DDA significa Débito Direto Autorizado e é simplesmente uma maneira de registrar e apresentar boletos para pagamentos, onde você pode enxergá-lo como…

Ler mais

Dia do Cliente 2021: Como se destacar nessa data?

Comemorado no dia 15 de setembro, o dia do cliente é uma data que visa homenagear aqueles que são tão…

Ler mais

Borderô: aprenda a calcular o prazo médio ponderado

O prazo médio ponderado calcula o prazo de recebimento de uma pendência, considerando o vencimento...

Ler mais
Arrow-up