fbpx

Pai rico, pai pobre: lições para sua empresa

logo-belluno-digital
Belluno

O livro “Pai Rico, Pai Pobre” de Robert Kiyosaki é baseado na história do próprio autor baseado na sua vivência com seu pai biológico, com uma mentalidade limitada e o pai de um amigo de infância, com mentalidade empreendedora. Kiyosaki não quer difamar ninguém, e seu pai biológico não era literalmente pobre financeiramente, mas era pobre de espírito empreendedor.

O autor usa as figuras paternas como símbolos antagônicos de diferentes mentalidades. A mentalidade do pai rico busca oportunidades e acredita em sempre se desenvolver, enquanto o pai pobre espera os resultados sem buscar oportunidades e não busca continuar se desenvolvendo, ele se enxerga como alguém “pronto”.

O livro tem várias lições sobre finanças para pessoa física, mas algumas delas podem ser aproveitadas para empresas também. Veja algumas delas a seguir:

#1 – Perceba as oportunidades

Essa é uma lição que o autor aprendeu diretamente do seu “pai rico”. São justamente as oportunidades de negócio que aparecem durante a vida. A ideia é que você “escute” as possibilidades de negócio no dia a dia. São “pistas” que podem gerar maior rentabilidade.

Essas oportunidades podem estar escondidas na forma de reclamações, sugestões ou mesmo através de elogios. Quer um exemplo? Imagine que você tem uma empresa que desenvolve aplicativos de mobilidade urbana. Em um encontro de amigos você escuta um deles reclamando que é muito difícil fazer baliza e vários outros concordam. Por que não estudar a criação de um aplicativo com a finalidade de fazer balizas?

#2 – Faça o dinheiro trabalhar para você

Por mais que pareça óbvio dizer isso para alguém que já seja empresário(a), muitas empresas tem problemas financeiros por má gestão financeira ou por conta de sócios que “sugam” caixa e lucros da empresa. Tente vislumbrar e praticar um bom equilíbrio da gestão financeira da empresa, e que o dinheiro bem alocado nela esteja trabalhando para você e para os outros sócios. 

#3 – Cuidado com o balanço de ativos e passivos

Aqui a administração e planejamento estratégico fazem toda a diferença. Basicamente, os ativos geram dinheiro, enquanto passivos consomem o dinheiro. Sempre que investir ou realizar negócios, enxergue que você está mexendo nesse equilíbrio dos ativos e passivos.  Nesse ponto, a Belluno possui ótimas soluções financeiras para cuidar do seu fluxo de caixa.

#4 – Nunca pare de estudar e ter curiosidade

Isso inclui estudar finanças, estudar os processos da sua própria empresa, estudar os concorrentes e procurar conteúdos sobre finanças que podem ajudar sua empresa (aqui no blog da Belluno você encontra uma excelente seleção). Além de ter um arsenal maior de ferramentas para gerenciar seu negócio, excelentes ideias podem nascer assim.

Seja o primeiro a comentar.

Deixe um comentário

More great articles

Venda segura: 4 maneiras para garantir a segurança on-line

A forma como oferece-se produtos e serviços mudou drasticamente nos últimos anos ao perceber-se uma...

Ler mais

Borderô: quais são as despesas das operações

Você já conferiu aqui no blog um pouco mais sobre a composição de um borderô....

Ler mais
representação de um relatório de vendas

Cross Selling: 5 estratégias e exemplos inteligentes para aumentar a receita do seu e-commerce

Entenda como esta estratégia de vendas funciona e confira 5 exemplos inteligentes para aumentar a receita do seu e-commerce.

Ler mais
Arrow-up